#PapodeSexta: Com a Reforma Trabalhista, será possível dividir as férias em até três vezes. Como ficará este pagamento com as novas regras?

Por RM & Advogados - Assessoria de Imprensa ∙ 10 de novembro de 2017

Com a Reforma Trabalhista, será possível dividir as férias em até três vezes. Como ficará este pagamento com as novas regras?

Vi que, com a reforma trabalhista, será possível dividir as férias em até três vezes. Como vai ficar o pagamento dessas férias, a gente também receberá o pagamento fracionado ou em uma parcela só?

De fato a reforma trabalhista alterou o direito de férias, para permitir, dentre outras coisas, o seu gozo em até três períodos diferentes, sendo que um deles não poderá ser inferior a quatorze dias nem os demais poderão ser inferiores a cinco dias corridos. Quanto ao pagamento das férias, este corresponderá ao período gozado. Assim, se o trabalhador tirar um período de 14 dias e dois períodos de oito dias, ele receberá em cada um deles a remuneração proporcional aos dias de descanso, com o acréscimo da gratificação de um terço.