2º Seminário Internacional Brasil sem Amianto 2018

Quando:
15 de Maio de 2018 – 18 de Maio de 2018 dia inteiro
2018-05-15T00:00:00-03:00
2018-05-19T00:00:00-03:00
Onde:
Hotel Bourbon Convention Ibirapuera
Av. Ibirapuera
2927 - Indianópolis, São Paulo - SP, 04029-200
Brasil
Custo
Grátis
2º Seminário Internacional Brasil sem Amianto 2018 @ Hotel Bourbon Convention Ibirapuera | São Paulo | Brasil

Mauro Menezes, diretor-geral do escritório Roberto Caldas, Mauro Menezes & Advogados, e Fernanda Giannasi, ex-auditora fiscal do trabalho e atualmente consultora na área de saúde, trabalho e meio ambiente do escritório, participarão do evento como palestrantes

Por ocasião do I Seminário Internacional do Amianto: uma Abordagem Sócio-Jurídica, ocorrido em Campinas/SP, houve a discussão da questão do amianto sob o enfoque social e jurídico. Social, diante da necessidade de alertar a sociedade brasileira sobre os riscos do amianto à saúde humana e da viabilidade de substituição da fibra cancerígena por tecnologias ambientalmente menos agressivas; jurídico, porque remanescia a discussão nos Tribunais sobre a constitucionalidade do uso do amianto crisotila no país, a despeito dos compromissos assumidos pela República Federativa do Brasil quando da ratificação das Convenções 139 e 162 da Organização Internacional do Trabalho.

Passados menos de dois anos da realização do I Seminário Internacional do Amianto, é possível afirmar que as discussões em torno da questão evoluíram adequadamente e de maneira muito favorável à defesa da saúde da população, a ponto de, ao menos no plano jurídico, inexistirem dúvidas sobre a inconstitucionalidade do uso do amianto crisotila no nosso país. As recentes decisões proferidas pelo Supremo Tribunal Federal nas Ações Diretas de Inconstitucionalidade 3937 e 3406, não deixam margem à dúvida: a questão do amianto foi definitivamente extirpada do mundo jurídico brasileiro.

2º Seminário Internacional Brasil sem Amianto 2018 debaterá fase pós-banimento amianto

A afirmação, embora juridicamente válida, muda a vida do trabalhador brasileiro acometido por Doenças Relacionadas ao Amianto – DRA? Como será o acolhimento e o tratamento deste trabalhador nos serviços de saúde? Conseguiremos, finalmente, pôr fim à invisibilidade desses cidadãos, criando sistemas de registro de doenças asbesto-relacionadas? Essas são algumas das questões que sobrevêm na atual conjuntura brasileira: a fase pós-banimento amianto.

A situação incomum vivenciada em nosso país, onde diversas questões, inclusive relacionadas à saúde da população acabam sendo definidas pelo Poder Judiciário, exige uma maior integração entre o mundo jurídico, o universo científico e a realidade social. Contudo, poucos são os espaços onde essa diversidade de saberes podem se encontrar e se integrar. Por essa razão, o II Seminário Internacional do Amianto: uma Abordagem da Saúde do Trabalhador, propõe que as barreiras sejam transpostas, com a aproximação de realidades tão distintas, mas ao mesmo tempo, tão próximas.

Reconhecimento da inconstitucionalidade pelo STF da lei que permitia a exploração econômica do amianto crisotila enseja celebração

O reconhecimento da inconstitucionalidade pelo Supremo Tribunal Federal da lei que permitia a exploração econômica do amianto crisotila enseja celebração, pois é fruto do trabalho incansável dos movimentos sociais e sindicais, que se ergueram e permaneceram firmes desde a década de 1980, a destacar-se a ABREA e o DIESAT, aos quais se agregaram diversos atores sociais ligados à Saúde Pública e Coletiva, além do Ministério Público do Trabalho, os órgãos de classe da Magistratura do Trabalho e dos Procuradores do Trabalho.

Porém, devemos ter a consciência de que ainda há muito por fazer. Dessa fase pós-banimento do amianto, em que consolidamos um olhar multidisciplinar refinado e sensível para a relação entre os processos produtivos e as DRA, fica a responsabilidade de deixar um legado para as próximas gerações, que significa ampliar a percepção para os múltiplos riscos à saúde presentes no mundo do trabalho brasileiro, fortalecendo a certeza de que os esforços coletivos são capazes de realizar a mudança que almejamos ver em todas as dimensões na sociedade brasileira.

PROGRAMAÇÃO: 2º Seminário Internacional Brasil sem Amianto 2018

DIA 1 | 15 maio 2018

18:30

ABERTURA DO SEMINÁRIO

Presidente: Dr. Ronaldo Curado Fleury (Procurador-Geral do Trabalho/MPT)

DIA 2 | 16 maio 2018

09:00 – 09:30

ASBESTOS

Cenário brasileiro atual e perspectivas

Presidente de mesa: Fernanda Giannasi (ABREA/Brasil)

Luciano Lima Leivas (MPT/Brasil)

09:30 – 10:30

PROTOCOLO DE DIAGNÓSTICO DO MESOTELIOMA BRASILEIRO

Protocolo brasileiro de diagnóstico de mesotelioma

Avaliação clínica e biomarcadores

Exames de imagem

Patologia

Presidente de mesa: Ubirani Otero (INCA/Brasil)

Mauro Zamboni (INCA/Brasil)

Dante Escuissato

Ivanir Martins de Oliveira (INCA/Brasil)

Relator: Eduardo Mello De Capitani

10:30 – 10:45

INTERVALO

10:45 – 11:15

CONFERÊNCIA: Amianto e vigilância de câncer de pulmão

Presidente de mesa: Vilton Raile

Steven Markowitz (City University of New York/Mt. Sinai, Estados Unidos)

11:15 – 12:00

CONFERÊNCIA: Carga global das doenças relacionadas ao amianto

Presidente: Eduardo Algranti

Sara De Matteis (Imperial College – Reino Unido)

12:00 – 13:30

ALMOÇO

13:30 – 15:15

DOENÇAS RELACIONADAS AO AMIANTO

Diagnóstico e critérios de atribuição:

Doenças pleurais
Asbestose
Câncer de pulmão

Presidente de mesa: Hermano Castro (ENSP/FIOCRUZ/Brasil)

Eduardo Capitani (UNICAMP/Brasil)

Eduardo Algranti (FUNDACENTRO/Brasil)

Ubiratan de Paula Santos (INCOR/Brasil)

Relator: Jefferson B. P. Freitas

15:15 – 15:45

INTERVALO

15:45 – 17:00

MODALIDADES DE TRATAMENTO DE MESOTELIOMA

Modalidades de tratamento do Mesotelioma
Quimioterapia
Cirurgia
Tratamentos combinados

Presidente de mesa: Gustavo Prado

Renata Eiras (Brasil)

Ricardo Terra (Brasil)

Federica Grosso (Itália)

Relator: Mauro Zamboni

17:00 – 18:00

COMENTÁRIOS E DEBATE

Comentários e debate

Tim Driscoll (Sydney School of Public Health-Australia)

Ubiratan de Paula Santos (INCOR)

DIA 3 | 17 maio 2018

09:00 – 10:15

CONFERÊNCIA E DEBATE: AMIANTO NO REINO UNIDO

Amianto no Reino Unido: história, tendências e sistema de compensação

Presidente de mesa: Leonardo Amarante (Amarantes e Associados/Brasil)

Sir Anthony Newman-Taylor (Imperial College – Reino Unido)

Comentários: Laurie Kazan-Allen

10:15 – 10:30

INTERVALO

10:30 – 12:00

CAMINHOS CRUZADOS

Diálogo entre o mundo medico e legal em doenças relacionadas ao amianto – estandardização de conceitos
Presidente de mesa: Leonardo Osorio de Mendonça (MPT/Brasil)

Arthur Frank (Universidade de Drexler – USA)

Marcia Kamei Lopez Aliaga (MPT/Brasil)

Mauro de Azevedo Menezes (Roberto Caldas e Mauro Menezes Associados)

Relator: Luciano Lima Leivas

12:00 – 13:30

ALMOÇO

13:30 – 15:00

SISTEMAS DE REGISTRO DE MESOTELIOMA

Presidente de mesa: Lorena Porto Vasconcelos (MPT/Brasil)

Dario Consonni (Fondazione IRCCS Ca’ Granda Ospedale Maggiore Policlinico – Italia)

Tim Driscoll (Sydney School of Public Health-Australia)

Carolina Luizaga (Fundação Oncocentro São Paulo)

Relator: Marcos Ribeiro

15:00 – 15:45

CONFERÊNCIA – PROJETO INTERDISCIPLINAR

Projeto brasileiro interdisciplinar do impacto à saúde da exposição ocupacional ao amianto

Presidente de mesa: Dario Consonni (Fondazione IRCCS Ca’ Granda Ospedale Maggiore Policlinico – Italy)

Vilma Santana (ISC/UFBA)

15:45 – 16:15

INTERVALO

16:15 – 17:00

USO DE DADOS E VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

Uso de dados e vigilância epidemiológica

Presidente de mesa: Carlos Eduardo Almeida Martins de Andrade (MPT/ Brasil)

Luis Fabiano de Assis (MPT/Brasil)

Daniela Buosi (MS/Brasil)

Relator: Vilma Santana (UFBA/Brasil)

17:00 – 18:00

COMENTÁRIOS E DEBATE

Sir Anthony Newman Taylor (Imperial College/Reino Unido)

Maria Paula Curado (AC Camargo/Brasil)

DIA 4 | 18 maio 2018

08:45 – 09:30

AMIANTO: VIGILÂNCIA À SAÚDE

Amianto: vigilância à saúde

Vigilância em locais de trabalho

Presidente de mesa: DIESAT

Fernanda Giannasi (ABREA)

Simone Alves (CEREST/SP)

Relator: Margaret Carvalho (MPT)

09:30 – 10:45

AMIANTO: VIGILÂNCIA À SAÚDE

Amianto: vigilância à saúde

Vigilância epidemiológica dos expostos (1)

Presidente de mesa: Daniela Buosi

Tim Driscoll (Sydney School of Public Health-Australia)

Steven Markowitz (City University of New York/Mt. Sinai, Estados Unidos)

Karla Baeta (MS/Brasil)

Relator: Flavia Ferreira Nogueira – MS

10:45 – 11:00

INTERVALO

11:00 – 12:00

AMIANTO: VIGILÂNCIA À SAÚDE

Amianto: vigilância à saúde

Vigilância epidemiológica dos expostos (2)

Presidente de mesa: Daniela Buosi

Soraya Wingester (Fundacentro/Brasil)

Annie Thébaud-Mony (GISCOP- Groupement d´ intérèt scientifique sur les cancers professionelle/França)

Relator: Flavia Ferreira Nogueira – MS

12:00 – 12:30

ENCERRAMENTO

MPT – ABREA – DIESAT

12:30 – 14:00

ALMOÇO

14:00 – 17:00

SESSÕES PARALELAS

*Informações do site http://brasilsemamianto.com.br/